Tratamentos da surdez

Qualquer que seja o mecanismo, uma surdez de transmissão diminui a energia dos ondas sonoras que vão movimentar os líquidos do ouvido interno, o que se traduz na diminuição da percepção do som. Uma surdez de percepção produz uma diminuição da intensidade e uma deformação dos sons.
Os tratamentos apresentam duas vertentes: em primeiro lugar, restabelecer ou aumentar a intensidade das ondas que chegam ao ouvido interno e por outro propor um tratamento "etiológico", isto é corrigir a anomalia que está na origem da anomalia.

Patologias do canal auditivo externo

Um rolhão de cerúmen necessita simplesmente de ser extraído por métodos físicos (dissolução, lavagem, extracção mecânica).
 Outras patologias como o eczema e as otites externas necessitam de tratamento medicamentoso ( antibióticos, gotas, ou cremes) e ou médico ( lavagem antisépticas etc.).

As exostoses são excreções ósseas do canal auditivo externo. Se são demasiado grandes necessitam de ser tratadas cirurgicamente.
 A ausência de canal auditivo externo de forma congénita está frequentemente associada a anomalias da orelha e do ouvido média e necessitam dum tratamento médico complexo e multidisciplinar.

A otite média com efusão ou seromucosa: anomalia do arejamento do ouvido médio

Les otites séromuqueuses : anomalie de la fonction d’aération.

A abordagem desta patologia consiste em primeiro lugar em restabelecer o arejamento do ouvido médio colocando tubos de ventilação transtimpânicos, colocados na membrana do tímpano. Esta cirurgia deve ser acompanhada da pesquisa e tratamento dos factores que estão na origem da anomalia.

Na maioria dos casos trata-se duma disfunção da trompa auditiva, favorecida pela presença de adenóides volumosas, de refluxo gastro-esofágico, alergias, tabagismo (mesmo passivo), etc. um tratamento medicamentoso (antibióticos, anti-alérgicos, etc.) pode ser necessário para tratar esta patologia, mas não o é de forma sistemática.

A utilização de prótese auditivas pode ser necessária se a patologia for muito avançada mas o tratamento da causa é fundamental.

Deficiências do funcionamento da cadeia timpano-ossicular

Reconstrução da cadeia ossicular com uma prótese

Uma perfuração timpânica, uma destruição dum ossículo ou a fixação da cadeia podem ser recuperadas por métodos cirúrgicos ou por próteses auditivas, existindo vantagens, inconvenientes e contra-indicações para cada um dos métodos utilizados.

No caso da cirurgia, o objectivo é reconstruir a cadeia tímpano-ossicular, melhorando as qualidades mecânicas da condução das ondas sonoras. Os aparelhos auditivos (próteses) apresentam também resultados satisfatórios, mas não são adequadas a todos casos (pus no ouvido, eczema, estenoses e anomalias do canal auditivo externo, colesteatomas, etc.)

Tratamento da surdez neurossensorial (de percepção)

Para a surdez neurossensorial, não existe tratamento médico ou cirúrgico ideal.
 Excluindo determinadas causas de surdez em que se suspeita da causa da perda auditiva (surdez súbita, doença de Menière, surdez autoimune), o tratamento medicamentosos pode ser prescrito mas a sua eficiência é muito variável. A utilização de prótese como os aparelhos auditivos e os implantes permitem optimizar os resíduos auditivos e ajudar as estruturas deficitárias (ver " aparelhos auditivos" e " implantes cocleares").

Última atualização: 2016/08/10 13:03