Ruido: Atenção Perigo ! Protecção

A cóclea é frágil; É necessário protege-la ! De entre os factores de risco há um que assume particular relevo, o ruído intenso. A exposição a níveis sonoros elevados destoi de forma irreversível as células sensoriais e provoca surdez e acufenos.

Inimigo nº1: o ruído !

Atenção, nós só temos um número limitado de células ciliadas à nascença (menos de 15000) ! Se estas células morrem, não voltam a crescer.

Esta animação representa, à escala duma célula sensorial, os estragos causados por sons (ruido) muito fortes.
 Até aos 80-85 dB, a célula (e o nosso potêncial auditivo) não sofre.
 Acima deste nível, os cílios são progressivamente destruidos, até que desaparecem totalmente: a célula morre e perde-se o potêncial auditivo; Surge assim surdez, que pode ser total se todas as células sensoriais sofrerem o mesmo destino.

Exposição ao ruído e perigo para o ouvido !

jauge_po

Esta escala de níveis sonoros (em dB) classifica os sons ambientais en 4 categorias:

  • até aos 80 dB (verde), não há qualquer risco para o ouvido, qualquer que seja o tempo de exposição;
  • de 80 a 90 dB (amarelo), aproximamos-nos da zona nociva, mas os riscos limitam-se a exposições de muito longa duração;
  • de 90 a 115 db (vermelho), o ouvido está em risco: Quanto mais forte o som, menor o tempo de exposição é necessário para provocar lesão;
  • acima de 115 dB (castanho), os ruídos impulsivos (muio bréves) provocam imediatamente lesões irreversíveis.

Sons e ruídos perigosos: Relação intensidade/duração, legislação

jauge_temps_po

Nesta segunda ilustração aborda-se novamente os sons perigosos, insistindo na relação entre a intensidade e o tempo limite de exposição.
 
Directiva 2003/10/CE do Parlamento Europeu, 06/02/2003

A legislação actualmente em vigor não pressupõe a protecção total do ouvido !

  • Não permitir que um leitor de MP3 não ultrapasse os 100dB é um aspecto positivo, mas será necessário dizer que a sua utilização por mais de 2 horas por dia a 90 dB é perigoso para a audição!
  • A limitação do nível sonoro duma discoteca a 105 dB, protege certamente os vizinhos, mas é necessário esclarecer que os clientes não se devem expor mais de 30 minutos a uma intensidade de 100 dB! No que se refere aos DJs, estes começam a estar conscientes destes riscos: reparem como muitos já protejem os seus ouvidos.
  • Quanto à legislação do trabalho, começa agora a ser aplicada de forma rigorosa nas fábricas, aeroportos, etc., mas ainda é necessário consciencializar os cidadãos para os riscos que se correm na construção civil, pequenas oficinas ou na utilização, sem protecção auditiva, de bermequins, regarbadeiras e outros máquinas ferramentas.
  • Do mesmo modo, se é obrigatória a utilização de protectores auriculares nas salas de tiro, qual é o caçador que utiliza protecção?

Última atualização: 2017/06/01 13:59